Panorama Brasil

  • A GENTE
    de Aly Muritiba
    PR, 89’, Cor, Digital, 2013

    Por sete anos, Aly Muritiba trabalhou em uma prisão. Lá ele fez parte da equipe Alfa. Após estudar cinema e ter feito alguns curtas, Muritiba volta a seu antigo trabalho para reencontrar seus colegas e realizar um filme com a equipe Alfa. A equipe Alfa é formada por 28 pessoas, homens e mulheres de origens e formações distintas que fazem a guarda e a custódia de mil criminosos numa penitenciária brasileira. Walkiu torna-se o chefe da equipe e espera fazer um bom trabalho. Mas percebe que suas mãos estão algemadas.

    Sessões:

    30/10 Quinta-feira 21h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • A VIDA PRIVADA DOS HIPOPÓTAMOS
    de Maíra Bühler e Matias Mariani
    SP, 91’, Cor, Digital, 2014

    Este é um filme sobre Christopher Kirk, um técnico de informática americano que se muda para Colômbia após ter lido um artigo sobre os hipopótamos de Pablo Escobar. Também é um filme sobre a história de V., um relato que Kirk obsessivamente conta e reconta sobre a sua paixão por uma misteriosa mulher nipo-colombiana, história que pode ou não ter a ver com a sua prisão em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Além disso, é também um filme sobre dois diretores.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h35
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 2
    Conversa com os diretores após a sessão

  • A VIZINHANÇA DO TIGRE
    de Affonso Uchoa
    MG, 95’, Cor, Digital, 2014

    Juninho, Menor, Neguinho, Adilson e Eldo são jovens moradores do bairro Nacional, periferia de Contagem. Divididos entre trabalho e a diversão, o crime e a esperança, cada um deles terá de encontrar modos de superar as dificuldades e o tigre que carregam dentro das veias.

    Sessões:

    04/11 Terça-feira 16h10
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • AS ÁGUAS
    de Larissa Figueiredo
    PR, 10’, Cor, Digital, 2014

    As águas, as casas, a noite, um fantasma.

    Sessões:

    30/10 Quinta-feira 15h30
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1

  • BATGUANO
    de Tavinho Teixeira
    PB, 73’, Cor, Digital, 2014

    Éramos então um só ser duplo vivo transformado com duas cabeças pensando e logo nos tornamos símbolo da perfeição do novo ser em sua máxima evolução e potência e desejo e vontade e expansão e começamos a viajar pelo universo por todas as galáxias divulgando nossa dupla de repentistas punk rock completos porque a Terra havia ficado pequena demais para nós dois.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h50
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3
    Conversa com o diretor após a sessão

  • CAMPO DE JOGO
    de Eryk Rocha
    RJ, 71’, Cor, Digital, 2014

    No Rio de Janeiro, perto do mítico estádio Maracanã, palco da grande final da Copa do Mundo de 2014, encontramos o campo de futebol popular do bairro Sampaio. Lá acontece o futebol como expressão genuína da cultura brasileira. Disputados aos domingos, o campeonato anual de futebol de favelas reúne 14 times. Cada um representa as cores e rituais de sua comunidade. GERAÇÃO X JUVENTUDE disputam a final.

    Sessões:

    02/11 Domingo 13h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1

  • CASA FORTE
    de Rodrigo Almeida
    PE, 11’, Cor, Digital, 2013

    Um bairro povoado por fantasmas de um relacionamento e de uma tradição.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h50
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • COM OS PUNHOS CERRADOS
    de Luiz Pretti, Pedro Diogenes e Ricardo Pretti
    CE, 74’, Cor, Digital, 2014

    De uma rádio clandestina, Eugenio, Joaquim e João colocam suas vozes para gritar por liberdade. Eles invadem as transmissões convencionais de rádio com poesia, música insurgente, citações, arquivos de som e provocações. Eles atacam a base da burguesia e da sociedade capitalista. De repente, aparece Salomé, uma misteriosa e bela ouvinte. Sua chegada pode transformar os destinos de Joaquim, Eugenio e João.

    Sessões:

    30/10 Quinta-feira 14h50
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3
    Conversa com o diretor Luiz Pretti após a sessão

    31/10 Sexta-feira 14h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB
    Conversa com o diretor Luiz Pretti após a sessão

  • EDUARDO COUTINHO, 7 DE OUTUBRO
    de Carlos Nader
    SP, 93’, Cor, Digital, 2013

    Uma entrevista, uma tarde, uma locação, um único personagem. Partindo das “prisões que libertam” no documentário Coutiniano, é a vez de inverter o jogo e ver o maior entrevistador do cinema brasileiro em frente às câmeras. “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro” é um documentário que coloca o cineasta diante de sua própria equipe para uma entrevista conduzida por Carlos Nader.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 14h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • EVA MARIA
    de Rafael Todeschini
    RJ, 12’, Cor, 35mm, 2013

    Nas praias de Aracaju circulam os vendedores de picolé do picuí. Muitos deles acreditam no mito da Eva Maria, a menina de branco. Na praia do Mosqueiro são relatadas aparições dessa entidade durante o pôr do sol, enquanto a Ave Maria toca nas rádios brasileiras.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h50
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3
    Conversa com o diretor após a sessão

  • HOSPEDEIRA
    de Rita Carelli
    SP, 15’, Cor, Digital, 2014

    Se fazia um trabalho secreto na floresta do qual ela começava a se aperceber.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h
    Sala Walter da Silveira

  • MALHA
    de Paulo Roberto
    PB, 14’, Cor, Digital, 2013

    “E as crenças singulares traduzem essa aproximação violenta de tendências distintas [...] saem das missas consagradas para as ágapes selvagens...” Euclides da Cunha (Os Sertões). A violenta materialização de um festejo popular, a malhação do Judas, no interior da Paraíba, onde os credos religiosos de um povo servem de pano de fundo para a entrega visceral ao escárnio profano.

    Sessões:

    02/11 Domingo 13h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1

  • MY NAME IS NOW, ELZA SOARES
    de Elizabete Martins Campos
    MG, 71’, Cor/P&B, Digital, 2014

    Elza chega em casa, em Copacabana. Cara a cara, diante do espelho, nos desafia, numa saga que ultrapassa o tempo, explosões, pedreiras, lama, preconceitos, perseguições, perdas. Mas ela é dura na queda, num rito, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, como uma fênix transcende em música e canta gloriosa. Um filme com a cantora, compositora e atriz Elza Soares.

    Sessões:

    29/10 Quarta-feira 20h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1
    Conversa com a diretora e com Elza Soares após a sessão

    30/10 Quinta-feira 14h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1

    30/10 Quinta-feira 15h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB

  • NOSSOS TRAÇOS
    de Rafael Spínola
    RJ, 4’, Cor, Digital, 2013

    Em um vídeo de família, revivemos meu avô.

    Sessões:

    04/11 Terça-feira 16h10
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • NOVA DUBAI
    de Gustavo Vinagre
    SP, 53’, Cor, Digital, 2014

    Num bairro de classe média numa cidade do interior do Brasil, a especulação imobiliária ameaça os espaços afetivos da memória de um grupo de amigos. Sua resposta diante dessa iminente transformação é praticar sexo em locais públicos e nessas construções. E o amor? É apenas mais uma construção?

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 19h
    Sala Walter da Silveira

  • NUA POR DENTRO DO COURO
    de Lucas Sá
    RS/MA, 21’, Cor, Digital, 2014

    Ela protege sua carne, mas o couro começa a cair.

    Sessões:

    02/11 Domingo 17h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB

    03/11 Segunda-feira 15h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1

  • O ARQUIPÉLAGO
    de Gustavo Beck
    RJ, 28’, Cor, Digital, 2014

    Um retrato de uma família que vive na solidão de um mundo inóspito. Uma crônica íntima dos ritmos da vida cotidiana que muda e abre uma janela para uma beleza inesperada.

    Sessões:

    30/10 Quinta-feira 21h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • O PORTO
    de Clarissa Campolina, Julia de Simone, Luiz Pretti e Ricardo Pretti
    MG, 21’, Cor, Digital, 2013

    Cais do Vallongo – Cais da Imperatriz – Porto do Rio – Porto Maravilha: camadas de uma cidade assombrada pelo progresso. Um porto sobre o outro. Uma cidade sobre a outra. Para filmar a cidade hoje devemos olhar, ao mesmo tempo, por debaixo e para além da paisagem. A câmera pode ser uma ferramenta de escavação, revelando várias invisibilidades no espaço e no tempo, sepultadas em territórios esquecidos. Espaços urbanos vazios revelam um projeto político de exploração capitalista, que é camuflado por um discurso idealizado de progresso, que se repete ao longo de nossa história.

    Sessões:

    30/10 Quinta-feira 14h50
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3
    Conversa com o diretor Luiz Pretti após a sessão

  • PAUSAS SILENCIOSAS
    de Mariana Lacerda
    PE, 18’, Cor, Digital, 2013

    Um encontro com um fotógrafo e seu acervo com imagens de uma cidade que não reconhecemos mais.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 14h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 3

  • PERMANÊNCIA
    de Leonardo Lacca
    PE, 90’, Cor, Digital, 2014

    Um fotógrafo pernambucano viaja a São Paulo para sua primeira exposição individual e decide se hospedar na casa da ex-namorada, hoje casada.

    Sessões:

    31/10 Sexta-feira 19h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB

    01/11 Sábado 15h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 2

  • SANGUE AZUL
    de Lírio Ferreira
    PE, 114’, Cor, Digital, 2014

    Há 22 anos, numa ilha vulcânica e paradisíaca, um menino de 9 anos foi separado de sua irmã. A mãe, temerosa de que uma atração proibida se desenvolvesse entre os dois, optou por mandar seu filho para o continente. O menino foi levado por Kaleb, o motociclista de um velho circo, que passava pela ilha. No continente, Kaleb instruiu o menino nas artes do circo e do espírito, onde o ex-ilhéu se tornou Zolah, o Homem Bala. ”Sangue Azul” começa quando Zolah e o circo voltam ao paraíso. É um filme sobre o mar, o circo e a impossibilidade de amar.

    Sessões:

    05/11 Quarta-feira 18h40
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1
    Conversa com o diretor Lírio Ferreira e o produtor Renato Ciasca após a sessão

  • SINFONIA DA NECRÓPOLE
    de Juliana Rojas
    SP, 85’, Cor, Digital, 2014

    Na cidade de São Paulo, a rotina do aprendiz de coveiro Deodato muda quando uma nova funcionária chega ao cemitério. Juntos, eles devem fazer o recadastramento dos túmulos abandonados, mas estranhos eventos fazem o aprendiz questionar as implicações em se mexer com os mortos.

    Sessões:

    02/11 Domingo 17h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB
    Conversa com a diretora após a sessão

    03/11 Segunda-feira 15h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1
    Conversa com a diretora após a sessão

  • TEJO MAR
    de Bernard Lessa
    RJ, 20’, Cor, Digital, 2013

    João está terminando sua temporada no Rio de Janeiro. Em sua última semana desse lado do oceano, ele sente na pele a ansiedade da namorada portuguesa enquanto redescobre o Rio de Janeiro no qual chegou há 10 anos.

    Sessões:

    31/10 Sexta-feira 19h
    CAHL - Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB

    01/11 Sábado 15h
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 2

  • UMA PASSAGEM PARA MÁRIO
    de Eric Laurence
    PE, 77’, Cor, Digital, 2013

    Um documentário sobre amizade e superação da morte. Uma reflexão sobre as jornadas e os ciclos da vida através de uma viagem que parte de Recife, no Brasil, atravessa a Bolívia, até chegar no deserto do Atacama, Chile.

    Sessões:

    30/11 Quinta-feira 15h30
    Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 1