Júri Competitiva Internacional

  • Bernard Attal nasceu na França, se formou em Economia, estudou Cinema em Nova Iorque e mora no Brasil desde 2005. Dirigiu três curtas-metragens e um documentário para a TV Pública Brasileira. Em 2013 estreou “A Coleção Invisível”, seu primeiro longa-metragem de ficção. Todos os filmes participaram e foram premiados em festivais como Palm Springs, London-BFI, Clermont-Ferrand, Chicago, Gramado, Rio de Janeiro, Nashville, Cleveland, Mannheim-Heidelberg e Bogotá. É o fundador e coordenador do Trapiche Pequeno, centro de economia criativa da Bahia.

  • Daniel Lisboa é formado em Cinema e Vídeo pela FTC de Salvador. Venceu o X Festival Nacional de Vídeo-Imagem em 5 minutos (BA) e o 15º Festival Internacional de Arte Eletrônica – Videobrasil (SP) com “O Fim do Homem Cordial”. Em 2009 recebeu o prêmio de Residência Internacional no 15º Salão da Bahia no MAM com a videoinstalação “Material Bruto” e realizou a residência na Vrije Academie em Den Haag, na Holanda. Com o curta “O Sarcófago” recebeu mais de quinze premiações em festivais nacionais e internacionais. Atualmente está na pós-produção do seu primeiro longa-metragem de ficção, “Tropykaos”.

  • Sylvia Abreu é sócia-fundadora da Truque Produtora de Cinema, sediada em Salvador, produziu vários filmes: “Três Histórias da Bahia” (2001), “Samba Riachão” (2001), “Esses Moços” (2004), “Eu Me Lembro” (2005), “Pau Brasil” (2009), “O Homem que não Dormia” (2011) e “Pra Lá do Mundo” (2013). Atualmente faz a produção executiva do longa “Travessia”, de João Gabriel e da série de TV “Mad Dogs”, de Roberto Studart. Participa como consultora na atual diretoria da APC Bahia e é representante da ABPITV na Bahia.